Seguidores

quarta-feira, 24 de junho de 2009

José Geraldo Marques-Poeta alagoano


SONETO À MODA QUASE ANTIGA


É amanhã quando eu sair de casa
ao sentir a luz amiga transformada em brasa
que travarei combates comigo mesmo:
é amanhã, quando eu sair de casa!
terei lembrados, por certo, despenhadeiros
que suportei em chamas por semelhantes brasas:
é amanhã quando eu sair de casa


que pesarei meus passos com teus receios!


FOTOCORRÊNCIA
esta cobra de cimento armado
em bote armado devora o carro
e no carro o homem é devorado
é ultrapassado pela morte acesa em setassiga em frente -
perigo ao lado
esta morte de cimento armado
esta morte de ferro contorcido
este ex-baço este ex-fígado
este ex-cérebro ex-cedido
este compasso de samba não marcado
este perigo este amigo este inimigo
esta vida festa inaugural não finda
finda
finda
finda
Olha o inverno chegando!
O inverno chegando e o são João vindo com ele!
Ô tempo bão sô!
Já faz três noites
Que pro norte relampeia
A asa branca
Ouvindo o ronco do trovão
Já bateu asas
E voltou pro meu sertão
Ai, ai eu vou me embora
Vou cuidar da prantação
A seca fez eu desertar da minha terra
Mas felizmente Deus agora se alembrou
De mandar chuva Pr'esse sertão sofredor
Sertão das muié séria Dos homes trabaiador
Rios correndo As cachoeira tão zoando
Terra moiada Mato verde,
que riqueza E a asa branca Tarde canta,
que beleza Ai, ai, o povo alegre
Mais alegre a natureza
Sentindo a chuva
Eu me arrescordo de Rosinha
A linda flor
Do meu sertão pernambucano
E se a safra
Não atrapaiá meus pranos
Que que há, o seu vigário
Vou casar no fim do ano.

Um comentário:

  1. Estimada Rachel,

    Esta foto do seu belíssimo blog, dada como sendo do poeta José Geraldo Marques,trata-se, na verdade, do professor José Marques de Melo, também alagoano de Santana do Ipanema, primo do poeta, mas que é jornalista e professor de Comunicação em são Paulo.
    Procurei foto do poeta José Geraldo Marques, para lhe sugerir, mas não encontrei na internet.

    Abraços,

    Iremar Marinho - www.bestiarioalagoano.blogspot.com - www.iremarpoeta.zip.net

    ResponderExcluir